Computação Gráfica: como é o mercado de trabalho para essa área?

Computação Gráfica: como é o mercado de trabalho para essa área?

Dicas de Photoshop edição de imagem com Vanish Point com Raul Sales
Dicas de Photoshop Edição de Imagem com Vanish Point
08/17/2016
SAGA no Globonews Novamente referência nacional no ensino de games
SAGA no Globonews: Novamente referência nacional no ensino de games
08/24/2016
Exibir Tudo
Computação Gráfica como é o mercado de trabalho para essa área

Com a popularização crescente da tecnologia, muita gente começou a experimentar com a computação gráfica — mesmo que, muitas vezes, apenas por curiosidade. Contudo, isso levanta algumas perguntas: será essa uma área com ofertas reais de emprego no Brasil, ou nossa realidade ainda não permite isso?

Pois podemos afirmar, sem medo, que a segunda alternativa está bem longe dos fatos, ao contrário do que alguns ainda pensam. No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre esse mercado e algumas alternativas de carreiras na área. Continue lendo!

487317112_1280

Crédito da imagem: strictlyvfx.com

MERCADO PUBLICITÁRIO

A criação de vinhetas e anúncios envolve um sério trabalho de desenho, modelagem e animação de computação gráfica. Por isso, muitas vezes esse é o ponto de partida de profissionais que se especializam na área, justamente por haver maior demanda de profissionais no momento.

Algumas agências de publicidade estabeleceram setores dedicados a efeitos especiais e animações. Um artista gráfico pode ter ganhos variados nesse segmento, com uma média de R$3.000, para aqueles cargos mais “juniores”, até alcançar algo em torno de R$10.000, para cargos de gestão como diretor de arte ou coordenador de projetos 3D.

Deadpool-Vfx-Breakdown-1

Crédito da imagem: cgmeetup.net

MERCADO CINEMATOGRÁFICO

Antes soava impossível alguém trabalhar com computação gráfica para o cinema brasileiro —  principalmente por exemplos como o de Carlos Saldanha, codiretor de “A Era do Gelo”, que teve que partir para os Estados Unidos para conseguir um bom emprego nessa área. Contudo, hoje esse segmento vem crescendo e recrutando cada vez mais. Para se ter uma ideia, mais da metade do filme “Chico Xavier” (2010), de Daniel Filho, foi feito totalmente em computação gráfica!

E, apesar da franca expansão do mercado, ainda faltam profissionais capacitados, já que se trata de uma área de alta complexidade técnica, em que uma boa especialização pode ser um diferencial. OS salários podem variar bastante, com média de R$3.000 para modeladores e R$15.000 mensais para diretores técnicos de efeitos especiais.

Deus-Ex-Mankind-Divided-Ingame-Screenshot-3

Crédito da imagem: wccftech.com

MERCADO DE GAMES

Bom, sejamos sinceros: este é o grande objetivo da maioria das pessoas que decidem se aprofundar em computação gráfica. Há alguns anos era necessário deixar o país para conseguir sucesso nessa área — como foi o caso do brasileiro Glauco Longhi, designer de personagens do famoso jogo Uncharted, da Naughty Dog.

Contudo, isso está mudando depressa, e as coisas nunca pareceram tão promissoras para os artistas brasileiros. Há empresas como a Samsung inaugurando grandes estúdios no país, além de várias pessoas abrindo os seus próprios e tendo sucesso internacional, visto a facilidade de distribuição com a popularização da mídia digital e plataformas como o(a) Steam. Temos exemplos como a JoyMasher, responsável por Odallus, ou a Aquiris, de Horizon Chase, considerado melhor jogo do último BIG Festival.

A média salarial de artistas e animadores hoje, no Brasil, está entre R$ 1.800 e R$ 4.000 mensais, mas como são, em sua maioria, freelancers, acabam desempenhando trabalhos menores para mais de um estúdio, o que incrementa esse valor. Essa pode até ser a média mais baixa dos mercados listados, mas é talvez a que se encontra em maior ascensão; portanto, esse é um grande momento para começar a pôr a mão na massa!

Agora ficou mais claro como o mercado da computação gráfica tem diversos caminhos possíveis, não é? E é bom mencionar que os listados aqui são apenas alguns dos exemplos mais fortes — as oportunidades não ficam restritas a isso.

Se você curtiu o texto, compartilhe-o nas suas redes sociais para nos ajudar a espalhar esse conhecimento e tirar o medo de muita gente dessa área com tantas possibilidades!

Start seu Futuro!

Vá até a escola SAGA mais próxima e matricule-se no Curso START